Sobre criar o blog e fazer um bolo de chocolate…

foto 4

Comemos chocolate pois poucos outros alimentos tem a capacidade de estimular a produção de endorfinas tão bem quanto o produto do processamento do cacau. Em dias tristes uma barra de chocolate é o equivalente a uma injeção imediata de felicidade, causando euforia e consequentemente prazer imediato.

Receitas que usam cacau sempre são as minhas favoritas e há muito tempo eu vinha procurando o bolo de chocolate perfeito. Eu não me considero uma pessoa muito exigente mas quando o assunto é chocolate, eu sou chata mesmo. De nada adianta comer um bolo que foi feito com achocolatado ou pior, que além de doce em excesso não é fofinho. Já havia tentado diversas receitas quando por uma obra do destino uma que tinha tudo para dar errado, deu muito certo.

Na última semana de 2013 estive em Paris por 4 dias e  um potinho me chamou a atenção, caramel au beurre salé, ele dizia e por algum motivo ele estava presente em quase todas as vendinhas, boulangeries, patisseries e mercadinhos que eu entrava. Devido aos dias corridos, o cansaço do final da viagem (já estávamos na estrada há 20 dias) e as preocupações de cuidar de um bebê de um ano, acabei não experimentado o famigerado doce (ou seria salgado?!?!).

Eu adoro caramelo, é minha calda favorita e quando eu era criança e ia no restaurante do palhaço vermelho eu tinha que comer o sunday de caramelo. Nenhum outro servia, só o de caramelo. O tempo foi passando, a consciência alimentar foi chegando e eu confesso que há muitos anos não chegava perto de nada que lembrasse caramelo. Mas por algum motivo estranho aquele maldito potinho de cor âmbar não saia da minha cabeça.

Há uns dias atrás eu estava lendo o blog Conexão Paris quando me deparo com uma receita de caramelo com manteiga salgada. Não resisti e coloquei a bonita em prática morrendo de medo de tudo dar errado e eu acabar com uma pedra de açúcar e estragando minha panelinha favorita. Deu super certo e o resultado foi um creme sedoso, doce na medida certa que quando terminava de descer pela língua chegava a arrepiar os cabelinhos do pescoço.

De início eu queria usar o caramelo como recheio de um Pettit Gateau mas acabei não tendo tempo e com isso o pobre caramelo ficou na geladeira. Quer dizer mais ou menos pq todo dia ele ficava uma colher mais raso de manhã e de noite 😉

Ontem meu marido estava de TPM (sim, maridos também tem algum tipo masculino de TPM, nós é que não percebemos) e perturbando para que eu fizesse um bolo, decidi fazer uma receita super antiga da minha mãe que eu só tinha usado para bolo branco. Bolo feito, quando eu fui ver o querido marido TPM já tinha jogado todo o caramelo em cima do bolo. Resultado, melhor bolo da vida!!!!!

A receita:

Caramel au beurre salé (fonte: http://www.conexaoparis.com.br/2014/01/10/culinaria-francesa-caramelo-com-manteiga-salgada/ )

– 160g de açúcar;

– 200 ml de creme de leite fresco;

– 80g de manteiga com sal.

Como fazer: Derreter o açúcar em fogo bem baixinho até formar uma calda cor de âmbar. Ao mesmo tempo colocar o creme de leite para ferver até levanta fervura. Desligar o fogo e acrescentar o creme de leite bem devagar no açúcar derretido (bem devagar mesmo pq eles formam umas bolhas que se você bobear acaba te queimando), depois misturar a manteiga e voilà!

Dicas para nada dar errado:

Para derreter o açúcar sem cristalizar não o coloque na panela todo de uma vez, forre o fundo da panela com o açúcar e quando esse começar a derreter coloque mais um pouco, vá repetindo o processo até tudo estar derretido;

Use o fouet para misturar;

Se o açúcar endurecer ao ser misturado com os outros ingredientes, volte com a panela ao fogo na menor boca do fogão e na menor temperatura.

Bolo de chocolate:

(fonte: mamy poderosa)

– 200g de manteiga;

– 2 xícaras de açúcar;

– 2 xícaras de farinha de trigo;

– 1 colher de sopa de cremogema (não é obrigatório, é só para dar um gostinho;

– 1 xícara de cacau em pó (tem que ser cacau, não vale achocolatado);

– 3 ovos;

– 1 copo de leite;

– 1 colher de sopa de fermento.

Como fazer: Pré aqueça o forno à 180oC. Misture a manteiga e o açúcar (ou bata na batedeira, eu prefiro bater na mão mas essa é a minha preferência) até formar um creme,  acrescente os ovos, a farinha, o cacau e o leite misturado com o fermento. Bata tudo coloque em uma forma untada e deixe assar.

Dicas para nada dar errado:

O cremogema não é obrigatório, minha mãe que gosta do sabor;

A receita original leva 3 xícaras de açúcar mas eu me recuso a usar tanto açúcar assim.

O fermento deve ser sempre o último ingrediente a ser acrescentado. Minha mãe gosta de misturar ele no leite, dessa maneira ele já entra fermentando na receita (eu acho que esse método dá bastante certo).

Resultado final: MELHOR bolo de chocolate dos últimos tempos!!!!

Anúncios

Um blog sobre comida, comida e comida!